banner ebook auditoria em saúde

Empreendedorismo na saúde: por onde começar?

O empreendedorismo na saúde é um excelente campo para aqueles que desejam ajudar as pessoas, melhorar o acesso à saúde e a qualidade de vida da população.

Isso porque a saúde é uma área essencial, e mesmo diante de crises, ela tem a chance de se adaptar para continuar oferecendo o melhor aos pacientes. 

Com o avanço da tecnologia e o aumento de iniciativas que visam a prevenção das doenças, e não apenas o tratamento, novas oportunidades surgem a cada dia. 

Neste artigo, você vai conferir 5 dicas de empreendedorismo na saúde excelentes para quem deseja investir nesse ramo.

Continue a leitura!

Empreendedorismo na saúde: 5 dicas para começar

Cada vez mais, as pessoas investem para alcançar uma melhor qualidade de vida, melhorar a alimentação e praticar exercícios físicos. 

Essa tendência mostra que o cuidado com a saúde está em alta e, nesse sentido, surgem diversas oportunidades para os interessados no empreendedorismo na saúde.

Sendo uma área com grande demanda e imenso potencial, existem desafios que todo gestor irá enfrentar, como aqueles referentes à regulamentação dos serviços. 

Porém, com a colaboração de empresas e pessoas, todos os obstáculos são superados e um grande sucesso pode ser alcançado. 

Confira a seguir 5 dicas para começar a empreender na área da saúde, encontrar oportunidades e traçar uma jornada sólida desde o princípio:

1. Conheça o mercado e identifique as necessidades

O empreendedorismo na saúde visa atender a necessidades específicas do mercado e ajudar mais pessoas a terem acesso a uma saúde de qualidade.

Para começar a empreender nessa área, o primeiro passo é conhecer o mercado e suas peculiaridades.

Você deve buscar informações sobre a regulamentação de consultórios, código de ética, restrições de marketing médico, oportunidades e exemplos de empreendedorismo na saúde.

Além disso, é válido realizar um estudo detalhado da concorrência para saber se o seu projeto terá demanda, onde a concorrência está localizada, quais tecnologias eles utilizam e como divulgam o serviço.

Ao realizar esse processo de pesquisa de maneira cuidadosa, você irá identificar necessidades latentes que ainda não foram solucionadas e terá uma excelente chance de prosperar.

Por exemplo, suponha que você viva em uma cidade pequena e a população precise se dirigir até a cidade vizinha para realizar exames laboratoriais.

Nesse caso, você mapeou a necessidade do mercado, que é a possibilidade de realizar exames dentro da própria cidade, e pode optar por investir na abertura de um laboratório.

Mas a importância da investigação do mercado não para por aí, já que, por meio dela, você também entende quem é o seu público-alvo, faz estudos sobre precificação e muito mais.

Com todo esse cuidado, você irá começar a empreender na saúde com mais respaldo e segurança.

2. Realize um planejamento

Após realizar um estudo sobre o mercado e a concorrência, é hora de realizar o planejamento estratégico de seu empreendimento. 

Nesta etapa, você precisa detalhar seu projeto e procurar fontes confiáveis para embasá-lo da melhor maneira possível. 

Para isso, você também pode contar com a ajuda de especialistas, como contadores e advogados.

Uma excelente ferramenta de planejamento para o empreendedorismo na saúde é utilizar o quadro de modelo de negócios conhecido como Canvas.

e-book auditoria concorrente

O Canvas é uma ferramenta que permite o desenvolvimento e esboço de modelos de negócios novos ou existentes.

Ele é um mapa visual que contém nove blocos a serem preenchidos, que são:

  1. Proposta de valor;
  2. Segmento de clientes;
  3. Canais;
  4. Relacionamento com clientes;
  5. Atividade-chave;
  6. Principais recursos;
  7. Principais parcerias;
  8. Fontes de receita;
  9. Estrutura de custos.

Ao preencher todos os blocos com detalhes e embasamento teórico, você consegue obter mais segurança para o empreendedorismo na saúde.

Outra vantagem é que, com um planejamento bem estruturado, as chances de você conseguir financiamento e possíveis parceiros de negócios aumenta bastante.

Com o planejamento, você também consegue mapear possíveis falhas do seu negócio e traçar estratégias para solucioná-las.

3. Invista na gestão

Uma boa gestão é fundamental para qualquer negócio de sucesso, não concorda?

Por isso, o próximo passo para empreender na área da saúde é investir em gestão.

Esse investimento deve acontecer tanto sob a forma de treinamentos para você e seus colaboradores, como sob a forma de tecnologias, como um sistema para clínicas, que ajuda no controle e centralização de informações.

Para realizar uma gestão eficaz, você deve guiar sua equipe e tomar as decisões importantes que afetam diretamente seu empreendimento com sabedoria.

Neste ponto, saber se comunicar e se organizar é essencial para que tudo seja realizado da maneira correta e para que a gestão dos riscos seja feita da melhor forma. 

4. Fique de olho nas tendências

empreendedorismo na saúde
A businesswoman writing and working on business data and document with laptop on the table in office

A tecnologia trouxe diversos impactos a toda a sociedade, inclusive para a área da saúde.

Atualmente, o paciente pós-digital é mais informado, mais engajado no cuidado com a própria saúde e mais exigente em relação aos serviços que consome. 

Por isso, antes de iniciar seu empreendedorismo na saúde, fique de olho nas tendências para levar aos clientes uma ótima experiência.

Um bom exemplo disso é a Teleconsulta, uma modalidade da Telemedicina que ganhou diversos adeptos no último ano. 

Isso porque, graças a ela, os pacientes podem ser atendidos de suas casas, o que é ótimo para casos em que não é necessário um exame físico. 

Outra tendência é o uso do prontuário eletrônico, pois ele facilita o gerenciamento das informações e fornece mais segurança.

Para empreender e ter sucesso na área da saúde, estar atento às tendências e analisar quais podem ser implementadas em seu negócio é um ponto indispensável.

5. Utilize a internet 

Como você irá fazer a divulgação do seu empreendimento?

Hoje, a internet é outro aspecto fundamental para atrair novos clientes e divulgar produtos e serviços. Para o empreendedorismo na saúde, essa realidade não pode ser diferente.

Utilize a internet para divulgar seu negócio, exponha os serviços que vocês irão prestar, faça um bom marketing de conteúdo. 

Tudo isso é valorizado pelos pacientes e é também uma ótima maneira de ganhar autoridade.

Utilizar o agendamento online ajuda muito nesse sentido. Por meio dele, os pacientes podem marcar uma consulta pela internet em poucos minutos e sem precisar entrar em contato com a recepção.

Assim, você facilita a experiência do cliente, conquista um importante diferencial e alcança mais satisfação e fidelização.

Ao seguir todas essas dicas, você garante um excelente começo para sua jornada no empreendedorismo na saúde e aumenta suas chances de sucesso.

Gostou do conteúdo? Se inscreva na nossa newsletter para se manter informado!

indicadores de auditoria em saúde