banner ebook auditoria em saúde

A gestão clínica eficiente é determinante para os resultados do setor de saúde. O DRG Brasil pode ajudar bastante nesse aspecto. Confira!

A governança clínica eficiente é determinante para os resultados do setor de saúde. Graças a ela, é possível garantir a segurança do paciente — para mais informações, vale a pena ler este conteúdo.

E não só isso: a melhor gestão viabiliza também o acompanhamento da taxa de ocupação hospitalar e o uso dos recursos de forma adequada. Atuando nesse e em outros sentidos, o DRG Brasil se destaca.

Para as internações, especificamente, seu modelo assistencial inovador traz outras possibilidades e favorece o desempenho de todos os agentes nos processos de saúde e cuidado com o paciente.

Pensando nisso, este artigo explica melhor todo esse funcionamento e quais são as características destacáveis do Valor em Saúde powered by DRG Brasil. Confira!

O que é e como funciona a plataforma DRG Brasil?

O DRG Brasil foi desenvolvido sob uma perspectiva de avaliação de grupos de diagnósticos homogêneos dos pacientes, em busca de maior previsibilidade de custos e desfechos assistenciais.

Para que isso seja possível, foi desenvolvida uma plataforma com o foco em governança clínica, favorecendo a tomada de decisão e criando um modelo assistencial e remuneratório muito mais eficiente e funcional.

O seu uso, portanto, permite ampliar a entrega de valor em saúde para pacientes com diferentes características.

Quais benefícios ela oferece?

A implementação dessa metodologia de gestão assistencial transforma o cenário para operadoras de saúde, bem como para hospitais, médicos, equipes multidisciplinares e para os próprios pacientes. Na sequência, veja quais são as principais vantagens associadas!

Redução do desperdício

Por falar em eficiência, é interessante notar que a plataforma DRG Brasil atua para reduzir os desperdícios, de forma geral. Afinal, a gestão fortalecida permite identificar os gargalos na entrega de valor e os pontos de atenção, de modo a realizar as correções necessárias.

Ao mesmo tempo, isso não prejudica a segurança do paciente — pelo contrário.

Como consequência, é possível obter um uso mais inteligente dos recursos, sempre com foco na gestão de riscos assistenciais e no bem-estar do paciente.

Redução da sinistralidade

A sinistralidade dos planos de saúde é um ponto de atenção, que impacta diretamente a sustentabilidade financeira. Sua redução, portanto, pode ser benéfica para que as operadoras atuem de forma ainda mais focada na promoção e prevenção da saúde da população.

Com a plataforma e a metodologia, é mais fácil mapear, identificar e traçar ações focadas na redução do desperdício e no compartilhamento de ganhos para todo o sistema de saúde. Então, há uma otimização geral do desempenho, acompanhada pela redução do índice de sinistralidade.

Aumento da eficiência no uso de leitos

Quando pensamos no atendimento aos pacientes, é essencial considerar o bom uso dos recursos disponíveis e dos leitos, em especial. Com o DRG Brasil, é possível alcançar esse resultado.

A visualização completa dos processos favorece a adequação da permanência hospitalar àquela necessária ao tratamento. Com isso, há um nível maior de eficiência em relação às diárias de internação.

Otimização da gestão financeira

Graças à precisão oferecida pela plataforma, é possível reduzir desperdícios, sem deixar de garantir que os pacientes tenham aquilo de que precisam. Também há como aumentar a previsibilidade de custos, com total centralidade no paciente.

Há, ainda, o compartilhamento de ganhos. Se todos os envolvidos atingirem a meta proposta pelo algoritmo, por exemplo, o valor da economia pode ser dividido entre todos. Assim, há um estímulo a mais na busca pela eficiência, com bons resultados assistenciais.

Melhoria da experiência para o paciente

Um dos maiores objetivos com a criação da metodologia DRG Brasil e sua plataforma é garantir uma experiência positiva para os pacientes. Nesse sentido, uma auditoria completa em saúde ajuda a estimular mais eficiência e favorece quem utiliza os serviços do sistema.

Na prática, é uma forma de melhorar a segurança, o atendimento e de gerar um grande valor em saúde para os pacientes.

Como o DRG Brasil atua sobre as internações?

Especificamente falando sobre as internações, é interessante conhecer as funcionalidades e os módulos da metodologia DRG Brasil. Afinal, a plataforma atua de maneira bastante estratégica, trazendo inovação em saúde com qualidade para todos os envolvidos em cada processo.

Mas, afinal, como isso funciona, em relação às internações? A seguir, entenda melhor o contexto e explore as características!

e-book auditoria concorrente

Input e validação de dados

Tudo começa com a inclusão das informações relevantes a respeito de cada paciente internado.

No DRG Brasil, são diversos os dados utilizados para classificar os pacientes e, assim, encontrar as características relevantes.

Em geral, são utilizadas informações como idade, sexo, diagnóstico principal de internação, diagnóstico de condições clínicas preexistentes e intervenções necessárias.

As informações em saúde são interpretadas por codificadores capacitados, que fazem o input dos dados no sistema. Há, então, a certeza de que todos os dados são relevantes e que as análises posteriores correspondem à realidade.

Geração de relatórios e indicadores

Para subsidiar a tomada de decisão, a plataforma de valor em saúde prevê o acompanhamento de indicadores estratégicos sobre cada internação. Eles podem ser compilados em relatórios estruturados em formato de Analytics, que apresentam uma visão geral e completa a respeito da situação de internações.

O objetivo é ser capaz de comparar o que foi previsto quanto ao que só foi realizado, em busca de discrepâncias ou oportunidades de melhoria, por exemplo. Assim, é possível tornar a atuação muito mais eficiente e funcional.

Gestão de risco 4P

Outro ponto essencial sobre o funcionamento da metodologia é a gestão de risco 4P.

Gestão-de-riscos-DRG-4P

Isso significa que ela é feita com base em quatro fatores principais: prevenção, personalização, predição e participação.

Assim, é possível identificar os riscos de forma muito mais eficiente e personalizada. Levando em consideração a complexidade e a criticidade clínicas, o DRG Brasil é capaz de entregar um mapeamento de risco eficaz.

Predição via inteligência artificial

Inclusive, para que essa gestão de risco possa ser feita com sucesso, a plataforma envolve o uso de inteligência artificial. Por meio desse recurso, é possível garantir uma análise precisa e focada em prestar a máxima qualidade assistencial.

Tudo isso é possível graças à união entre o Núcleo de Inteligência DRG Brasil e os sistemas inteligentes de predição. Com isso, fica mais fácil reconhecer cada situação e agir sobre a plataforma.

Tomada de decisão estruturada

Com o uso de dados relevantes e da inteligência artificial, a próxima etapa é a principal favorecida: a tomada de decisão. Afinal, com informações estruturadas, é possível saber qual é o melhor caminho para seguir, especialmente em relação às internações.

Assim, é possível tomar decisões alinhadas com os objetivos e consolidar todos os aspectos positivos que já citamos. Como consequência, há uma entrega muito maior de valor em saúde para os pacientes.

Portanto, a adoção do DRG Brasil gera muitos benefícios, especialmente em relação ao monitoramento e à tomada de decisão sobre internações. Graças à sua plataforma, é possível aproveitar diversas funcionalidades que, em última análise, aumentam o valor em saúde entregue aos pacientes.

Para ver como tudo isso acontece de perto, conheça a plataforma Valor em Saúde powered by DRG Brasil.

Parceria Carefy e DRG Brasil

No último mês de outubro nós da Carefy tivemos a felicidade de firmar uma parceria com a DRG Brasil. Assim, clientes que já utilizam ambas as plataformas poderão potencializar seus resultados, combinando os benefícios das duas em um só lugar! 

Se você é cliente da Carefy e quer ter acesso aos benefícios do DRG Brasil clique aqui para falar com um especialista e saber mais.

Gostou do conteúdo? Não esqueça de se inscrever na nossa newsletter para receber semanalmente conteúdos estratégicos.

indicadores de auditoria em saúde