A imagem profissional tem um papel fundamental na atração e fidelização de pacientes, principalmente nas estratégias de marketing médico.

Pense nas empresas mais famosas e bem sucedidas do mercado. Todas elas têm pelo menos uma característica em comum: uma marca forte e bem consolidada. 

Os profissionais, independentemente do seu segmento, também são assim. Pense na Luiza Trajano ou Steve Jobs. Eles têm suas próprias marcas e imagens profissionais.

Para se destacar na área da saúde e construir um bom marketing de relacionamento com os pacientes, é essencial investir na construção da sua imagem profissional.

Continue a leitura e descubra um passo a passo completo para alcançar seu objetivo!

Qual a importância de construir uma imagem profissional forte no marketing médico?

Por que muitos médicos optam por criar um nome próprio para a clínica, enquanto outros apenas colocam seu nome, como Clínica Dra. Gabriela Junqueira?

Pense em como os pacientes lembram de suas consultas. Normalmente, é mais fácil lembrar o nome do profissional, do que da clínica. Por isso, muitos optam por focar na construção de uma imagem profissional forte.

Porém, existem estabelecimentos médicos que são extremamente conhecidos, como é o caso de hospitais ou clínicas de uma instituição de ensino.

Ou seja, tudo depende de qual tipo de marca você deseja construir. 

> A imagem profissional ou marketing pessoal tem como foco o profissional, enquanto uma marca empresarial visa o negócio.

Construir uma boa imagem profissional significa ter mais credibilidade e autoridade no mercado, uma vez que você será mais reconhecido e passará exatamente a mensagem que deseja para seus pacientes.

Imagine que duas clínicas concorrentes estejam situadas na mesma região, e ambas tenham excelentes profissionais de saúde para o atendimento aos pacientes.

Enquanto uma foca na indicação boca a boca, outra investe no marketing, e consegue atrair pacientes por diferentes canais, como site, Instagram e Google Ads

Aquela que se preocupa com o marketing médico tem a agenda lotada por vários meses, pois além de contar com indicações de pacientes, também é bem posicionada na internet.

Essa é a diferença que uma imagem profissional sólida pode proporcionar.

Veja a seguir como você pode investir no marketing médico sem cometer os erros mais comuns.

5 passos para construir sua imagem profissional no marketing médico

Além de estar atento aos limites do marketing médico impostos pelo Conselho Federal de Medicina, é essencial que você construa sua marca com uma mensagem, propósito e objetivos.

Para te ajudar, separei 5 dicas que irão te guiar nessa jornada. Acompanhe!

1. Pense na mensagem que você deseja passar para seu público

Por que você decidiu construir sua empresa e seguir na sua carreira? Qual é a sua história? O que te motiva todos os dias?

O que faz uma marca ser única é a história que ela conta. Basta refletir sobre qual é a diferença entre a Nike, para outras empresas de produtos esportivos.

Ela consegue se conectar com seu público.

Esse é o diferencial que faz a marca ter sucesso, e como profissional, você também precisa pensar em qual mensagem deseja passar. Sua decisão irá guiar a identidade visual do seu marketing, assim como a forma que você se comunica com os pacientes.

Imagine que sua intenção seja transmitir a imagem de alguém que está sempre disposto a ajudar, e preocupado em oferecer um atendimento humanizado.

Ao invés de ter uma marca agressiva, como é o caso da Harley Davidson, por exemplo, a comunicação e as cores da sua marca serão mais leves, agradáveis e convidativas.

2. Foque no marketing digital

Quais canais seus pacientes acessam todos os dias?

É provável que todos os seus pacientes acessem a internet diariamente, seja o Google, Facebook, Instagram, Youtube, ou todos eles. 

Além disso, muitas pessoas tiram dúvidas sobre sua saúde na internet, e cada vez mais elas buscam por conteúdos produzidos por médicos especialistas.

Com um conteúdo didático e relevante, você pode atrair um paciente que normalmente não se consultaria na sua clínica, mas ficou interessado pelo seu site e sua história.

Uma boa forma de começar seu marketing digital é criar o Google Meu Negócio. 

Ele é totalmente gratuito e permite que seus pacientes encontrem seu serviço com mais facilidade pelo Google, além de divulgar informações importantes, como endereço, horários de atendimento, avaliações, entre outros.

Você também pode contar com a ajuda de agências de marketing especialistas na área da saúde para iniciar sua estratégia de marketing médico. 😉

3. Invista no pós-consulta e construa um bom marketing de relacionamento

Você consegue manter contato com os pacientes que já se consultaram na sua clínica?

Todo profissional de saúde tem uma rotina agitada, e um dos maiores diferenciais que você pode agregar para seu serviço é ter um ótimo pós-consulta com os pacientes.

Muitos clientes não esperam receber uma mensagem sua, principalmente se um retorno não precisa ser marcado, e em diversos casos, essa situação leva ao esquecimento sobre você.

Quando um médico consegue manter contato com os seus pacientes, além de estender seu atendimento para além da consulta, ele também aumenta o número de pacientes retornantes.

Não se preocupe, isso não significa que para melhorar sua imagem profissional, é necessário enviar mensagem para cada paciente que você já atendeu.

Você pode contar com uma ferramenta de automação de marketing, como uma plataforma de e-mail marketing exclusiva para profissionais de saúde.

4. Conheça a jornada dos seus pacientes

Um paciente entra em contato com a imagem profissional do médico apenas durante a consulta?

Não! Na verdade, a experiência do paciente começa desde o momento em que ele decide buscar por um profissional de saúde.

Imagine que o Rafael, um homem de 34 anos, esteja buscando por um urologista que atenda perto de sua região, e também ofereça Teleconsultas.

Ele encontra o site do Dr. iClinico, e como não há um agendamento online, tenta ligar para o único telefone divulgado como forma de contato. Porém, mesmo tentando cinco vezes ao longo do dia, não é atendido.

O Rafael tenta uma última vez no dia seguinte, consegue agendar uma consulta, e é atendido pelo urologista. O atendimento foi ótimo, mas precisou esperar mais de uma hora na sala de espera, e apenas foi avisado que precisará marcar um retorno no ano que vem.

No próximo ano, ele decide buscar um profissional mais acessível, que ofereça várias formas de contato e garanta pontualidade.

Apesar do atendimento médico ter sido bom, todos os outros aspectos da jornada do paciente não atenderam as expectativas do paciente.

Se você quer construir uma imagem profissional forte, é preciso entender que para entregar uma boa experiência, é necessário estar atento também ao processo de agendamento, recepção e pós-consulta.

5. Continue estudando sobre marketing médico

Existem vários conhecimentos sobre imagem profissional que são adquiridos em livros, artigos, cursos e demais materiais educativos. 

Assim como você faz para sua carreira médica, também é necessário continuar estudando sobre marketing para ter uma estratégia cada vez mais consistente e assertiva.

Você pode realizar um curso de marketing médico, ler eBooks, trocar experiências com um especialista da área ou outro médico com marketing consolidado.

Independentemente de como você busque conhecimento, sempre continue se atualizando e aprendendo novas técnicas.

Esses são os primeiros passos para construir uma imagem profissional médica de qualidade. 

E você, já sabe quais estratégias vai adotar para construir a sua? Compartilhe com a gente aqui embaixo nos comentários!

Gostou do conteúdo? Não esqueça de se inscrever na nossa newsletter para receber semanalmente conteúdos de gestão de saúde.

Sobre o Carefy

O Carefy é um software para gestão e monitoramento de internações focado em todo o processo de auditoria em saúde. Nele inclui os módulos de auditoria concorrente, auditoria de contas hospitalares, prorrogações e home care que permite eficiência e redução de custos. Para saber mais clique aqui.