O envelhecimento populacional vem sendo uma grande preocupação para especialistas em saúde. Segundo o IBGE, em 2010 os indivíduos acima de 60 anos configurava 11% da população, número que em 2060 será de 32%. 

Assim também, o aumento no número de pessoas acima de 60 anos impacta diretamente as operadoras de saúde. Maiores taxas de internação, média de permanência e procedimentos, são exemplos do aumento do consumo de serviços de saúde (KEEHAN et al., 2004). Segundo o observatório da ANAHP de 2016, o gasto médio com internações desses pacientes é 2,6 vezes o gasto com internações de faixa etária entre 0 a 14 anos.

Ainda, as internações hospitalares vêm crescendo ao passar dos anos. Segundo a ANS, em 2018 o número de internações fechou em 8,1 milhões de ocorrências, 1,6% a mais que no ano anterior.

envelhecimento populacional

Pirâmide de estrutura etária de planos privados de assistência médica. Fonte: SIB/ANS/MS: 05/2019

Envelhecimento populacional e a gestão da estratégica

Apesar de bem disseminado os dados sobre envelhecimento populacional e que a saúde do idoso leva a cuidados adicionais, ainda pouco se faz em relação a gestão das informações de saúde para gerar novas estratégias  Um exemplo claro disso é a ausência do registro dos CIDs nas internações. A grande maioria das internações registradas não mostram essa informação (OLIVEIRA; VERAS; CORDEIRO, 2017).

A ausência de informações básicas é um gap gigante na gestão de recursos em saúde. Como podemos realizar estratégias sólidas e precisas em relação ao envelhecimento populacional se não temos acesso a tais dados?

Aproveitando a semana em que se comemora o Dia Nacional e Internacional do Idoso vale a pena repensar as estratégias quanto ao envelhecimento populacional. Uma cultura que entende a e abraça necessidade de informar dados em saúde pode ser um começo para um sistema mais sustentável e eficiente.

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber semanalmente conteúdos estratégicos somo este sobre gestão em saúde. 🙂

reduzir custos - falar com especialista carefyPowered by Rock Convert

Photo designed by Freepik

Referências

IBGE (Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 2013. Projeção da população do Brasil por sexo e idade: 2000-2060 – Revisão 2013. Rio de Janeiro: IBGE

KEEHAN, S. P. et al. Age Estimates in the National Health Accounts. Health Care Financ Rev, v. 26, n. 2, p. 1–16, 2004.

Revista Observatório [Internet]. 2016 [acesso em 19 maio 2016];8:1-132. Disponível em: http://anahp.com. br/produtos-anahp/observatorio/observatorio-2016.

Agencia Nacional de Saúde Suplementar. Números do setor. Em 2018 beneficiários de planos de saúde realizam 1,57 bilhão de procedimentos [Internet]: Rio de Janeiro: ANS; 2019 [acesso em 17 de set. de 2019] Disponível em: http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/numeros-do-setor/5061-em-2018-beneficiarios-de-planos-de-saude-realizaram-1-57-bilhao-de-procedimentos

OLIVEIRA, M.; VERAS, R.; CORDEIRO, H. Supplementary Health and aging after 19 years of regulation: where are we now?. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 20, n. 5, p. 624-633, 2017. Acesso em: 17 set. 2019.

Newsletter carefyPowered by Rock Convert