banner ebook auditoria em saúde

O setor de TI está em constante mudança. Cada vez mais as empresas estão mudando ou nascendo com soluções em nuvem para aproveitar seus benefícios. 

Hoje vamos falar o porquê contratar uma empresa que possui uma plataforma em nuvem pode ser melhor que hospedar a solução em um servidor próprio.

A importância de usar tecnologia na saúde

O setor da saúde envolve muito além do cuidado prestado ao paciente, pois abrange o gerenciamento da sua jornada durante a permanência na instituição, assim como o gerenciamento de todos os riscos, recursos e times envolvidos no processo.

Por isso, a ampla quantidade de fatores que devem ser monitorados e otimizados, surge a demanda por soluções que facilitem o processo e identifiquem falhas que na rotina do profissional da saúde e na tomada de decisão do gestor, muitas vezes sequer são percebidas.

Pensando nisso, acontece uma revolução no cenário da saúde com a chegada das healthtech’s para resolver esse desafios  por meio do uso de tecnologias para promover a mudança no setor.

Com a tecnologia é possível implementar soluções inovadoras que vão resolver os principais problemas que a instituição enfrenta, podendo ser estas demandas relacionadas aos custos de internação, a saúde do internado ou a gestão da operação em si, por exemplo.

Muito mais do que disponibilizar as informações de forma digital, a digitização dos processos, ou seja, a transformação de modelos de negócios em digitais permite agregar mais valor para o paciente e manter a instituição competitiva no mercado.

Para isso, uma ampla gama de tecnologias são aplicadas. A utilização da nuvem vem ganhando cada vez mais destaque.

Descubra mais sobre:

O que é uma plataforma em nuvem?

É designada plataforma em nuvem o sistema que opera de forma 100% digital com acesso a todas as informações registradas.

Esse tipo de tecnologia é amplamente utilizado em diversos setores como farmacêutico, alimentício, industrial, químico e de saúde humana.

Principais vantagens em usar uma plataforma em nuvem na saúde

1. Diminuição de custos e responsabilidades da área de TI

Muitas equipes de TI já estão sobrecarregadas por si só. Agora imagine os custos de desenvolvimento de novos sistemas.

Contratando uma solução pronta seus benefícios já são usados desde o primeiro dia, e quando estão em nuvem seus custos diminuem ainda mais uma vez que todas essas ações são de responsabilidade do fornecedor.

Dessa forma, é possível concentrar os esforços da equipe de TI em outras tarefas e ainda fornecer tempo ao gestor para decisões estratégicas que podem impactar o futuro do negócio.

A economia não inclui somente os custos com a hospedagem em um servidor próprio mas também sua manutenção. Isso sem contar, claro, os custos relacionados com a equipe de TI responsável pela instalação e manutenção das aplicações em cada máquina.

2. Maior segurança da informação e divisão de responsabilidades

A empresa também passa a dividir legalmente as responsabilidades em relação a segurança das informações com a empresa provedora. No caso da Carefy, além de usar diversas medidas de segurança, usamos a Google como provedora de serviços de nuvem.

Mundialmente conhecida pelo seu pioneirismo em inovação, a nuvem da Google toma várias medidas de segurança de forma a proteger todos os dados alocados. Dentre as medidas de segurança estão: certificações, uma rede global segura e a criptografia de dados.

e-book auditoria concorrente

Para saber mais sobre a segurança do Google cloud clique aqui. 

3. Acesso a novas tecnologias e seus benefícios

É muito comum que as empresas pioneiras em inovação optem por usar algum provedor de nuvem para fornecer suas soluções.

Isso se dá principalmente pelos benefícios que esse tipo de tecnologia entrega, que envolvem segurança, escalabilidade, gerenciamento de recursos, entre outros. Os mesmos benefícios que elas podem entregar para seus clientes.

Os pioneiros em inovação já enxergaram os benefícios e se abrir para essa possibilidade significa ter acesso a novas tecnologias, como as criadas por startups que inovam no setor da saúde.

4. Atualizações constantes

Uma plataforma hospedada localmente tende a ser estática uma vez que sua manutenção e evolução envolve um grande esforço da equipe de TI. O desenvolvimento de novas funcionalidades depende de uma grande fila de demandas e orçamentos.

Empresas que fornecem suas soluções em nuvem tendem a disponibilizar suas atualizações constantemente para todos seus clientes. E a cada nova atualização, novas funcionalidades são adicionadas.

Isso impede que sua empresa contrate uma plataforma que em poucos meses estará obsoleta em relação a versão atual.

5. Acesso de qualquer local com internet

Soluções em nuvem podem ser acessadas de qualquer lugar com acesso à internet. Em um mundo cada vez mais dinâmico e conectado, muitas empresas dependem de uma equipe externa para realizar suas atividades do dia a dia e compartilhar suas informações com o ambiente de trabalho.

Inclusive, gestores conseguem acessar dados estratégicos da sua operação em qualquer lugar do mundo, dando mais agilidade na sua tomada de decisão.

Esse cenário é bem comum em operadoras de saúde quando se trata de auditoria em saúde, seja para o processo de auditoria concorrente ou de contas médicas e que, ambos dependem de auditores externos para o envio das informações para gestores internos.

Todas essas vantagens fazem com que o Carefy seja perfeito para a otimização de todas as etapas do processo de auditoria médica das operadoras de saúde.

6. Escalabilidade

Esse tipo de tecnologia permite expandir o seu negócio de forma simples, pois, se por exemplo, você deseja aumentar o  número de pessoas que a sua operação atende.

É necessário apenas contratar mais espaço na nuvem para armazenar as informações importantes em relação ao serviço prestado.

Isso permite com que a sua empresa cresça de forma sustentável e  de forma exponencial e impacte de forma positiva o setor da saúde.

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber semanalmente conteúdos estratégicos como este sobre gestão em saúde.

indicadores de auditoria em saúde