e-book indicadores de internação

Você sabe como a taxa de sinistralidade impacta na gestão da sua autogestão? Descubra como diminuir esse índice.

O que é taxa de sinistralidade?

Quando é acionado um serviço, seja para marcação de exames ou consultas, seja como atendimento emergencial, ocorre um sinistro. 

Assim, a taxa de sinistralidade consiste na relação entre o número de procedimentos direcionados ao beneficiário e o valor pago ao plano de saúde. 

Quanto maior for o número de acionamento, realizado o serviço ou não, ele impactará diretamente nas mensalidades do plano de saúde na sua renovação.

Qual a importância de diminuir a taxa de sinistralidade?

Uma alta taxa de sinistralidade pode ser desafiadora para as autogestões no que tange a garantia da  sustentabilidade econômica financeira.

E esse índice pode ser reflexo do uso não otimizado dos recursos do plano de saúde, como de diárias, tratamentos e procedimentos.

Custos esses que as medidas corretas, poderiam ser diminuídos.

Como diminuí- la?

Dado o cenário de inflação médica e de altos custos associados a procedimentos no setor da saúde, diminuir a taxa de sinistralidade é  o desejo de muitos gestores em saúde.

É o seu também?

Confira algumas medidas que podem ser tomadas para alcançar essa conquista.

Realizar medicina preventiva

A taxa de sinistralidade está diretamente ligada ao uso do plano de saúde, logo, uma maneira eficaz de diminuir os custos em saúde consiste em prevenir o desenvolvimento de doenças, retardar o desenvolvimento das enfermidades que já se instalaram e mitigar possíveis complicações futuras nos beneficiários.

Logo, a medicina preventiva desempenha um papel essencial na sua autogestão. 

Controle de recursos

O quanto dos recursos que são utilizados na sua autogestão, de fato, são necessários?

Qual a porcentagem poderia ser economizada?

Esse cenário pode ser decorrente de desperdícios no que tange a utilização de procedimentos, equipamentos e diárias.

É possível reverter esse cenário na sua autogestão a partir da otimização dos recursos, a partir da implementação de processos eficazes.

E a realização de ajustes nos processos já existentes para que esses entreguem um resultado cada dia mais satisfatório.

Incentivar o uso consciente do plano de saúde

Quantos procedimentos foram realizados sem a real necessidades?

Quantos exames foram feitos em vão?

Isso é o que acontece em autogestões no brasil inteiro.

E a culpa não é da sua instituição.

Por isso, é importante incentivar por meio de campanhas e ações os colaboradores a utilizarem de forma consciente o plano de saúde.

Para que esse consiga continuar atendendo com qualidade.

Implementar tecnologias

Outra maneira que muitos administradores de autogestões  encontraram para diminuir a taxa de sinistralidade consiste na implementação de tecnologias aplicadas ao processo de auditoria em saúde.

Isso permite a diminuição dos custos do tratamento direcionado a cada paciente.

Assim, quanto menor os custos, menor é a sinistralidade.

E claro, a tecnologia permite diminuir os gastos desnecessários sem perder a qualidade do atendimento.

O Carefy é uma tecnologia focada no processo de auditoria em saúde que permite

  • Diminuir a taxa de sinistralidade da sua autogestão;
  • DIminuir as despesas assistenciais;
  • Conquistar um ROI de 100x vezes em 6 meses de uso da plataforma.

Sabemos que pode parecer bom demais para ser verdade. Tudo isso é possível por meio da utilização de indicadores para embasar a tomada de decisão e proporcionar a  otimização de recursos.

Quer trazer essa economia para a sua autogestão? Fale agora com o nosso time de especialistas para ter um direcionamento correto sobre o que pode ser feito para diminuir a taxa sinistralidade da sua operação.

Banner Material Módulos da Carefy – 2