e-book indicadores de internação

A partir do conceito de saúde 4.0, diversas transformações ocorreram neste setor. No que se refere à gestão de processos pela operadora de saúde, não poderia ser diferente.

O suporte tecnológico proveniente da quarta revolução industrial permitiu que a instituição otimizasse as etapas de auditoria, por exemplo, incluindo o registro em Capeante. 

Apesar dos benefícios que o auxílio da tecnologia pode oferecer, é sabido que muitos gestores têm dúvidas ao avaliar as vantagens e desvantagens do Capeante digital ou em papel. 

Do mesmo modo, desconhecem as soluções inovadoras aplicáveis à controvérsia.

Pensando nisso, e para que você saiba avaliar os benefícios das novas tecnologias aplicadas ao Capeante digital, elencamos alguns esclarecimentos sobre o tema. Confira!

O que é Capeante? 

Para fazer uma melhor análise acerca dos prós e contras do Capeante digital ou em papel, vale a pena trazer um esclarecimento inicial sobre este termo.

Em primeiro lugar, é importante esclarecer que o Capeante foi idealizado com a finalidade de formalizar a análise das contas hospitalares e registrar as divergências de auditoria.

Trata-se de da própria operadora do plano de saúde, em que o auditor responsável pode resumir todas as contas negociadas, inclusive com os valores totais, das glosas aceitas e eventuais divergências. 

Qual a sua relação com a auditoria? 

O Capeante, como visto, permite trazer as divergências de auditoria. Portanto, ele é produto desse processo interno e externo que se reduz a termo após o consenso entre profissionais. 

O relatório deve ser carimbado por ambos os auditores responsáveis, sendo que uma cópia do documento é encaminhada à operadora de plano de saúde e outra ao hospital.

Isso para que a instituição possa, também, acompanhar o pagamento das contas hospitalares. 

Trata-se, sem dúvidas, de um instrumento importante para as operadoras que deve ser considerado na auditoria de contas médicas.

Qual a importância do preenchimento correto?

Não é preciso dizer que o Capeante traz informações importantes acerca das contas hospitalares que a operadora do plano de saúde deve satisfazer. 

Nesse sentido, o seu correto preenchimento é fundamental para a identificação exata das divergências e a verificação das oportunidades para reduzir custos.

Com o acesso a todas as informações referentes à auditoria médica, é possível comparar os itens da conta com a avaliação do profissional responsável.

 A partir desses documentos, também se pode verificar indicadores estratégicos e otimizar a gestão.

Qual a diferença entre o Capeante em papel e o digital?

O Capeante em papel, como o nome já indica, é aquele documento impresso, ou seja, em formato físico. Seu preenchimento, portanto, exige o trabalho manual dos profissionais responsáveis a partir do acesso a acessórios como caneta, carimbo e lápis.

O Capeante digital, por outro lado, é aquele disponível em formato virtual, passível de preenchimento via aplicativo móvel ou computador.

Importante destacar que essa versão não substitui o enfermeiro auditor, pelo contrário, facilita o seu trabalho. 

Há, entretanto, alguns prós e contras em ambos os tipos de Capeante. Confira alguns deles! 

Prós e contras do Capeante em Papel 

Entre as vantagens de utilizar o papel, cabe destacar a praticidade de costume do auditor, tendo em vista a desnecessidade de treinamento para o manuseio de ferramentas. 

Por outro lado, a médio e longo prazo, este se torna um benefício que a tecnologia supera.

Entre os contras, também estão a menor segurança em relação aos registros e a possibilidade de inadequação à Lei Geral de Proteção de Dados — LGPD.

Inserir de forma manual as informações também pode gerar retrabalho, atrasos na comunicação e inconsistências nos dados.

Cabe destacar a utilização de espaço de armazenamento físico e a não integração do documento com outros sistemas e softwares de gestão.

Além disso, é importante frisar que essa ferramenta é susceptível a perda, ou seja, se o auditor esquecer os documentos ou se ocorrer um incêndio por exemplo, todos os dados do paciente podem não ser recuperados.

Tudo isso pode afetar de forma prejudicial os processos da auditoria em saúde da sua instituição de saúde.

Prós e contras do Capeante digital 

Entre os prós da utilização do Capeante digital, vale mencionar:

  • O menor custo com materiais consumíveis como tinta e papel;
  • A não ocupação de espaço físico e, portanto, menor risco de perda ou destruição do documento;
  • Centralização das informações;
  • Padronização dos dados;
  • Minimiza a perda de documentos.
  • Aumenta a segurança de dados

Também se situam entre as vantagens a contribuição com as políticas de sustentabilidade ambiental da empresa e a maior acessibilidade aos documentos de registro. 

Entre os contras, cabe destacar a dificuldade de convencimento da alta administração para seu uso, a curva de aprendizado do aplicativo dos auditores e a necessidade de bateria no dispositivo. 

Como o Capeante do Carefy otimiza o processo de auditoria?

Diante dos desafios que o Capeante em papel impõe às operadoras e as soluções que a digitalização pode oferecer, o Carefy propõe às empresas uma forma otimizada de lidar com o processo de auditoria em saúde

A instituição conta com um Capeante digital no módulo de contas médicas focado no que foi realizado durante a internação do paciente.  

Por meio de um aplicativo intuitivo e de fácil manuseio, a equipe externa pertencente à operadora de saúde pode inserir todas as informações referentes às contas médicas.

Tudo isso de maneira online e segura para todos os envolvidos. 

Por meio desse sistema, também se pode tomar conhecimento de informações da equipe de auditoria concorrente. 

Essa possibilidade permite, por sua vez, comparar itens da conta hospitalar com a avaliação da auditoria concorrente e encontrar potenciais divergências.

 A equipe interna, do mesmo modo, pode ter acesso às informações, além de indicadores e relatórios.

O acesso facilitado aos dados estratégicos permitem a otimização do processo de auditoria e a redução significativa de custos pela operadora de saúde. 

Sem dúvidas, o Capeante é documento indispensável para as operações de auditoria pelas operadoras de plano de saúde. 

Por essa razão, é fundamental estar atento às melhores soluções para a conformidade do registro e a gestão de custos hospitalares. Nesse sentido, o Carefy propõe o uso de ferramentas online capazes de facilitar esse processo.

E então? Gostou do conteúdo? Agora que você já sabe dos prós e contras do Capeante digital e em papel, conheça o Carefy e veja como ele pode ajudar as operadoras de saúde!

Banner Material Módulos da Carefy – 2