banner carefy experience

Ao passo que custos assistenciais no setor da saúde apresentam um grande crescimento nos últimos 18 anos, o modelo atual de pagamento dos planos de saúde representa um estímulo à competição por clientes e à realização de procedimentos em grande escala.

Dessa forma, o modelo de remuneração somado a fragmentação da rede assistencial contribuem para a fragilidade na mensuração da qualidade da atenção à saúde. Assim, o resultado de ambos são a ineficiência do setor suplementar de saúde que prejudica o acesso e a qualidade do cuidado.

Em vista da inflação na saúde que chega a 180% é preciso repensar o modelo atual e buscar soluções que beneficiem todos os elos, tanto operadoras de planos de saúde, prestadores e principalmente os pacientes.

Envelhecimento populacional nas operadoras de saúde

Planos de saúde e a saúde baseada em valor

O conceito surgiu em 2006 e, segundo Michael Porter, a saúde baseada em valor é uma iniciativa de reestruturação dos sistemas de saúde em todo o mundo e pode ser resumido na seguinte fórmula:

Assim, seis elementos inter-relacionados compõem o conceito:

  • Organizar suas unidades em práticas integradas;
  • Medir resultados e custos para cada paciente;
  • Mover os pagamentos para ciclos de cuidado;
  • Integrar os cuidados entre os serviços de saúde;
  • Expandir o acesso a serviços de excelência e ter acesso a uma plataforma tecnológica que atue como facilitadora no processo.

Desde a criação de seu conceito, o setor da saúde tem se movimentado para que essa mudança seja justa para todos.

O processo de transição da saúde baseada em valor

Para auxiliar nessa transição mostrando prós e contras de cada modelo, no início desse ano de 2019 a ANS lançou um Guia para Implementação de Modelos de Remuneração baseados em valor , e trazendo como premissas para a importância dessa discussão:

Lançando mais próximo ao final do ano de 2019 uma iniciativa para estimular a remuneração baseada em valor. São objetivos do Grupo Técnico de Remuneração:

guia auditoria em saúde
  • Contribuir com iniciativas voltadas a superar os desafios da implementação de modelos de remuneração alternativos ao Fee For Service.
  • Apoiar estratégias para viabilizar a implementação efetiva de novos modelos de remuneração inovadores. Essas sendo centradas na perspectiva da melhoria da qualidade do cuidado em saúde e da sustentabilidade no âmbito da saúde suplementar.

E seu modelo atual, está caminhando para as mudanças do setor ou está parado em relação ao que o mercado precisa?

A auditoria em saúde vêm dando passos significativos para contribuir para o novo modelo de remuneração, melhor desfecho clínico e a sustentabilidade do setor.

Assim, grandes empresas já estão instaurando mudanças no seu processo, trazendo tecnologia e gestão para decisões mais rápidas e estratégicas que embasam a discussão entre fonte pagadora e prestadores de saúde.

Carefy pode ajudar a dar os primeiros passos para a mudança de modelo com indicadores assistenciais e de processo que vão te dar uma outra visão sobre toda sua rede credenciada.

Para uma gestão de mudanças que de resultado é preciso ter métricas e processo.

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber semanalmente conteúdos estratégicos somo este sobre gestão em saúde. 🙂

Sobre o Carefy

Carefy é uma plataforma completa para gestão e monitoramento de internações que inclui toda a parte de auditoria em saúde. Nossos módulos abrangem a auditoria concorrente, auditoria de contas hospitalares, prorrogações e home care.

Com o Carefy é possível um ganho expressivo na eficiência da equipe de até 137%, uma redução da média de permanência de até 40% e uma redução significativa de custos de internação que varia em uma média de 5 a 7% em cases recentes. Porto Seguro, Grupo São Francisco, SAMP, já usam o Carefy e estão entre outras operadoras, hospitais e empresas de auditoria que são atualmente clientes.