banner ebook auditoria em saúde

A assistência domiciliar é uma modalidade de atenção à saúde que tem conquistado cada vez mais espaço. 

Trata-se de um atendimento que transfere para a casa do paciente o tratamento que iniciou no hospital. Portanto, é a continuidade do tratamento hospitalar no domicílio, com a mesma qualidade, tecnologia e conhecimento.

Para isso, a assistência é feita por uma equipe de acordo com as necessidades do indivíduo. Assim, pode ser composta por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, entre outros profissionais.

 Isso significa que o paciente também conta com o apoio dos familiares e outros cuidadores para continuar o tratamento no conforto do seu lar.

Nesse sentido, contar com profissionais bem qualificados é essencial. Por esse motivo, nós listamos as principais habilidades que cada membro da equipe deve desenvolver. Acompanhe e saiba quais são elas!

Quais os benefícios da assistência domiciliar?

Antes de tudo, precisamos entender as vantagens dessa modalidade de atenção à saúde.

Afinal, são elas que têm feito com que esse tipo de atendimento seja cada vez mais procurado. Os principais benefícios são:

  • Humanização do tratamento: receber os cuidados profissionais em casa, com o apoio e no convívio de quem se ama torna a recuperação mais rápida e eficaz;
  • Envolvimento da família: permanecer junto à família, seguir sua rotina e seus hábitos promove uma melhor qualidade de vida;
  • Reduz os riscos de infecção hospitalar: o paciente fica menos exposto a agentes infecciosos;
  • Assistência individual e personalizada: a atenção focada no paciente é mais eficaz;
  • Diminuição do tempo de permanência nos hospitais: reduz-se o período de internação, visando o uso dos leitos nos hospitais por pacientes com necessidades maiores.

Então, como um profissional pode se destacar nessa carreira?

Para atuar na assistência domiciliar é preciso desenvolver uma série de habilidades. A seguir, confira quais são elas!

Conhecimento multidisciplinar

Além de ter domínio técnico na área onde atua, também é fundamental que o profissional tenha outros conhecimentos para prestar uma assistência com qualidade mais elevada. 

Ainda, isso ajuda a ampliar as oportunidades de trabalho.

e-book auditoria concorrente

Esse conhecimento pode ser obtido por meio da realização de um programa de pós graduação e do estudo por meio de cursos livres, por exemplo.

Oratória

Saber se comunicar com empatia e convicção é essencial para lidar tanto com os pacientes e familiares quanto com gestores. Também há necessidade de saber negociar e ter tato para falar sobre as glosas hospitalares.

Senso analítico

Conseguir analisar dados de diferentes origens para entender qual é a situação do paciente e para poder indicar e auxiliar nos melhores tratamentos para cada caso. 

Atualmente, a tecnologia oferece uma série de inovações que ajudam tanto na coleta quanto na análise de informações.

Liderança

Como já comentamos, a assistência domiciliar é feita por uma equipe. Desse modo, os profissionais devem saber tomar decisões e trabalhar bem em conjunto. Além disso, precisam saber como liderar a equipe que vai prestar a atenção à saúde.

Constante atualização

A tecnologia é um dos fatores que permitiu o crescimento da assistência domiciliar. Isso porque desenvolve equipamentos que podem ser operados na casa dos pacientes.

Além do mais, há softwares que facilitam muito o trabalho dos profissionais no contexto de auditoria em saúde, pois dão mais segurança nos dados de cada pessoa, ajudam a mostrar os resultados, a monitorar a evolução e, ainda, aumentam a produtividade da equipe. 

Como diversas inovações surgem a cada dia, é preciso se manter atualizado.

Portanto, o profissional que reúne essas habilidades tem grandes chances de se destacar no setor e ter sucesso na carreira.

 Além disso, consegue alcançar os grandes benefícios que listamos ao longo do texto. Dessa forma, serviços cada vez melhores chegarão dentro dos lares.Gostou do conteúdo e quer se manter conectado às novidades em auditoria em saúde e soluções tecnológicas para essa área? Então inscreva-se e acompanhe nossa newsletter.

indicadores de auditoria em saúde