Quando o atendimento do paciente é finalizado pelo hospital, é realizado o faturamento da conta com os custos assistenciais. No entanto, nem sempre esta conta é paga em decorrência das glosas, gerando prejuízos para a instituição. Confira os principais abaixo:

O que é glosa?

Motta (2003) define glosa como o não pagamento por parte das operadoras de planos de saúde, dos procedimentos médicos cobrados seja por motivos técnicos e/ou administrativos.

Este é um processo realizado frequentemente por um médico ou enfermeiro auditor no processo de auditoria de contas hospitalares, um dos tipos da auditoria em saúde. 

Por que elas ocorrem?

Muitas vezes, o prestador comete erros que geram as glosas hospitalares e as mais frequentes são as glosas técnicas. Estas glosas tem relação com os serviços prestados ao paciente e precisam da análise de um auditor técnico para revisar as contas hospitalares.

Pensando nisso, trouxemos para você os 3 principais motivos técnicos de glosas hospitalares.

Quais os motivos das glosas?

1. Falta de anotações ou evoluções incompletas no prontuário

Na internação é obrigatório que todos os profissionais envolvidos na assistência ao paciente realizem as anotações no prontuário, que é um documento que contém todas as informações sobre o paciente.

As anotações no prontuário, comprovam a realização dos procedimentos no paciente e se houver a descrição incompleta e/ou a falta deste, gera a glosa.

Portanto, mesmo se o procedimento estiver autorizado e cobrado na conta hospitalar e não estiver descrito nas anotações, o pagamento não é realizado, e então glosado da conta hospitalar.

2. Falta de prescrição de medicamentos e procedimentos 

As prescrições, que geralmente são chamadas de prescrições médicas, são utilizadas para definir a conduta do médico, seja para registrar o medicamento a ser utilizado e/ou o procedimento a ser feito.

Portanto, se os medicamentos e/ou procedimentos que estão na conta hospitalar não estiverem registrados nas prescrições do paciente, a glosa é realizada.

3. Falta de aprazamento e checagem pela enfermagem na prescrição médica

Como foi dito anteriormente, as prescrições definem a conduta médica e os medicamentos e/ou procedimentos prescritos exigem uma periodicidade. 

Exemplo: “As medicações podem ser administradas 1 vez ao dia, de 6/6 horas. 8/8 horas, etc.”

Assim, o enfermeiro precisa realizar o aprazamento das prescrições, ou seja, estabelecer os horários para a administração dos medicamentos e a realização dos procedimentos.

Após o aprazamento, quando os medicamentos são administrados e os procedimentos são realizados, a enfermagem “checa”, ou seja, confirma por meio de símbolos /, ou O, √ nos horários estabelecidos pelo Enfermeiro. 

glosas hospitalares

Esta é a confirmação que o medicamento ou o procedimento foi realmente efetuado pela equipe de enfermagem. 

Portanto, se não houver o aprazamento e checagem dos medicamentos e/ou procedimentos pela enfermagem, a glosa é efetuada.

Como evitar glosas

Podemos observar que os 3 motivos técnicos que geram as glosas hospitalares citados, muitas vezes ocorrem devido às falhas dos profissionais envolvidos no atendimento ao paciente. 

Portanto, o preenchimento correto de informações é imprescindível para um pagamento justo e correto e assim, evitar os glosas e prejuízos para as instituições de saúde.

Glosas hospitalares é um assunto muito frequente durante a rotina da auditoria em saúde de trabalho e podem ser evitadas. Conhecer esse tema é de suma importância para os profissionais que atuam no setor de Saúde Suplementar. 

Logo, fiz um curso que aborda esse tema. Você pode conferir no meu Instagram: @jssolucoesemsaude.

Se você gostou deste artigo se inscreva na newsletter para receber conteúdos como este em primeira mão!

Sobre o Carefy

O Carefy é um software para gestão e monitoramento de internações focado em todo o processo de auditoria em saúde. Nele inclui os módulos de auditoria concorrente, auditoria de contas hospitalares, prorrogações e home care para uma gestão centralizada e eficiente. Para saber mais clique aqui.