e-book indicadores de internação

Você sabe como aumentar a eficiência da gestão de processos organizacionais em operadoras de saúde?

 Descubra como implementar melhorias nessa tarefa tão vital para as operadoras de planos de saúde.

Qual é a importância da gestão de otimizar a gestão de processos?

Empresas são como organismos vivos, de alta complexidade, as quais têm que lidar com diversas variáveis e que sempre estão susceptíveis a mudanças.

Uma operadora de plano de saúde não é diferente. 

Não realizar a gestão de processos organizacionais desse organismo complexo, pode causar:

  • Retrabalho;
  • Gargalos nos processos;
  • Consequências para a saúde do internado;
  • Aumento na média de permanência;
  • Aumento nos custos;

Com o ajuste adequado de processos é possível proporcionar:

  • Cuidado mais assertivo que contemple as necessidades aderentes ao quadro clínico do paciente
  • Controle da qualidade dos serviços de ponta a ponta, do agendamento ao atendimento.
  • Redução dos cursos e sustentabilidade econômica financeira para a instituição
  • Aumento da capacidade de atendimento da instituição de saúde, pois, quanto mais eficiente ela for, mais pessoas conseguirá atender.

Já percebeu o quão importante é esse processo, certo? 

Agora, você vai descobrir como otimizá-lo.

1- Meça a eficiência atual dos seus processos organizacionais

Segundo William Thomson:

“Aquilo que não se pode medir, não se pode melhorar. “

E isso aplica-se a sua operação em saúde.

A primeira atitude para otimizar as atividades no que tange a gestão em saúde, consiste em quantificar qual o desempenho atual dos processos.

Assim é possível entender a real situação, em termos de:

  • Qualidade do cuidado;
  • Econômica financeira;
  • Desempenho da equipe;

É possível medir esses parâmetros por meio de indicadores de saúde, como os presentes no Carefy.

Porém, apenas medir não é suficiente, confira o segundo indicador para saber exatamente o que fazer com esses dados em mãos.

2-  Analise os dados

Informações por informações, de nada valem.

O grande valor está em transformar essas informações em dados que vão nortear a tomada de decisão estratégica.

Então, sabe a eficiência a qual você mediu da sua operação?

É hora de analisar essas informações, à luz das seguintes perguntas:

Sobre a eficiência da equipe:

  • Como anda o desempenho da equipe de auditoria?
  • Quantas contas estão sendo auditadas por dia?
  • Quantos pacientes estão sendo auditados por dia?
  • Esse número está alto ou baixo em comparação ao mercado?

Sobre o atendimento:

  • E como está a qualidade do atendimento?
  • O índice de reinternações está alto?
  • A média de permanência na sua instituição é um número controlado ou que cresce a cada dia?

Sobre os custos assistenciais:

  • E das finanças da operadora de plano de saúde?
  • A economia por glosas é um número pertinente?
  • Os custos da instituição de saúde andam altos/na média/baixos?

3- Identifique gargalos na gestão de processos organizacionais

A partir dessa análise, faça teorias de possíveis causas de gargalos.

Por exemplo:

“Imagino que o desempenho da equipe não está alto, pela falta de padronização  e centralização das informações, o que gera retrabalho, e prejudica a performance do time.”

4- Implemente melhorias

Não adianta chorar o leite derramado, mas é possível mudar a situação a partir de agora.

Junte a sua equipe e pensem:

  • Quais melhorias na gestão em saúde podem ser implementadas para evitar esses gargalos?
  • Como é possível resolver esses desafios da forma mais simples, rápida, eficiente e econômica possível?

Respondidas essas perguntas é hora de implementar essas medidas e monitorar, se de fato, elas fazem efeito na sua operação.

5- Inove nos processos

Um meio ágil, econômico e eficiente de manter a sua operação em constante melhoria e evolução para otimizar a gestão de processos organizacionais e potencializar resultados consiste no uso de inovação na saúde.

Ferramentas tecnológicas como o sistema de gestão em saúde da Carefy permite:

Medir a performance da qualidade do atendimento prestado ao paciente e otimizar o processo

Manter a sustentabilidade econômica financeira no que tange o processo de auditoria de contas médicas 

Quantificar e aumentar o desempenho da equipe de auditoria em saúde.

Com o uso do Carefy, diversos gestores em saúde levarem a seguinte transformação para as suas operadoras de plano de saúde:

  • Diminuição da média de permanência em 40%
  • Redução do custos em 13%
  • Aumento da eficiência da equipe em 140%

Quer gerar essa mudança para a gestão de processos organizacionais da sua operadora de plano de saúde? Agende uma demonstração gratuita com o nosso time de especialistas.

Banner Material Módulos da Carefy – 2