banner ebook auditoria em saúde

O Lean Healthcare é um modelo de gestão que tem como objetivo otimizar os recursos e trazer agilidade por meio da padronização de processos, dado os desafios enfrentados pelos gestores em diversas áreas é cada vez maior. 

Em boa parte por causa do grande número de informações que são geradas diariamente e das mudanças constantes proporcionadas pelo avanço da tecnologia

Sabendo disso, entenda como o conceito pode ser usado para reduzir o tempo de internação, as taxas de glosa e os custos operacionais, promovendo a melhoria contínua do trabalho.

 Nós preparamos este artigo para ajudar você a ficar por dentro do assunto. Confira!

Qual a origem da metodologia Lean Healthcare?

O Lean Healthcare é uma metodologia derivada do sistema Lean Manufacturing, que foi desenvolvido pela montadora de carros japonesa Toyota na década de 1950, com o objetivo principal de reduzir os desperdícios. 

Contudo, o que começou como um princípio de produção, acabou se tornando uma filosofia de gestão que se expandiu para outras áreas, inclusive para o setor da saúde. 

O conceito de Lean Healthcare tem como foco principal dentro de uma empresa que opera planos de saúde:

  • Avaliar o grau de satisfação dos pacientes e usuários;
  • Medir a eficiência do sistema a fim de reduzir custos;
  • Indicar pontos críticos (demora nas autorizações, por exemplo) e as mudanças necessárias para resolver;
  • Mensurar os resultados obtidos após a implantação das alterações;
  • Estabelecer estratégias que sejam compatíveis com as metas da organização.

Qual a importância do Lean Healthcare?

A ideia central da proposta é ampliar o valor agregado dos serviços oferecidos aos usuários do sistema de saúde e reduzir custos para a operadora.

Parece bom demais para ser verdade, não é mesmo? Porém, são exatamente esses dois aspectos que a metodologia Lean Healthcare propõe alinhar, por meio da melhoria contínua dos processos.

Implantar esse conceito é importante pois além de ajudar a tornar a empresa mais enxuta, ela também proporciona mais flexibilidade, trazendo maior agilidade ao processo de gestão e melhor retorno sobre investimentos

De certa forma, podemos dizer que esse pode se tornar um grande diferencial competitivo, principalmente diante da necessidade cada vez maior de otimizar a gestão de pacientes internados e facilitar a auditoria em saúde.

Quais os princípios do Lean Healthcare?

Toda metodologia precisa seguir regras para que possa trazer os resultados esperados. Dessa forma, para que o ciclo de melhoria contínua se estabeleça é necessário seguir 6 princípios que incluem as formas de implementação e de avaliação do processo.

1. Melhoria contínua

Toda mudança começa, necessariamente, com a transformação da forma de pensar. Sendo assim, é preciso promover essa cultura em toda a empresa. Afinal, gestores e colaboradores devem estar alinhados e comprometidos com a melhoria contínua e a qualidade do serviço prestado em saúde, mesmo a alta gestão

2.  Criação de valor

O objetivo da gestão precisa ser o de criar valor para a empresa, de forma que ela se torne referência no serviço que presta. Assim, o aperfeiçoamento do sistema deve proporcionar o melhor serviço possível para o usuário.

3. Propósito

Para instituir a metodologia Lean Healthcare em uma empresa, é preciso que todos estejam unidos em torno de um objetivo comum, ou seja, os colaboradores e gestores devem estar engajados e com foco em um mesmo propósito. Você sabe qual o objetivo da sua empresa?

4. Capacitação

Não dá para exigir comprometimento e mudança de cultura sem que haja um sistema de capacitação de quem está trabalhando na linha de frente. 

Ou seja, é preciso que os colaboradores tenham treinamento contínuo e preparo para poder impulsionar as melhorias em diversas áreas.

e-book auditoria concorrente

5. Inovação

Dentro da metodologia Lean Healthcare é preciso pensar em recursos de rastreamento visual. Dessa forma, todos podem ter acesso fácil aos dados coletados e necessários para que sejam observados os pontos críticos. Além disso, a troca de informações ajuda a gerar novas ideias.

6. Flexibilidade

Talvez esse seja um dos princípios mais desafiadores dentro do sistema. É fundamental que os colaboradores tenham autonomia para mudar padrões que possam otimizar os processos. 

Dentro de um sistema tradicional de gestão, esse é um assunto delicado. Afinal, o equilíbrio entre manter a padronização e flexibilização tem que ser bem alinhado.

Como aplicar o Lean Healthcare na empresa?

Na teoria, toda metodologia é incrível, o verdadeiro desafio começa na implantação. Claro que as coisas não acontecem do dia para a noite, portanto, é preciso organizar as demandas, assim tudo fica mais fácil. Confira!

1. Escolher uma área de atuação

Para começar e tornar as coisas mais simples, é melhor definir primeiro um setor específico que esteja precisando solucionar um problema de forma mais imediata e então seguir para a resolução.

 2. Mapear a cadeia de valor

Para desenvolver um mapa da cadeia de valor é preciso avaliar todos os departamentos da organização e isso só será possível observando os processos atentamente. 

Uma boa conversa com os colaboradores e usuários do sistema ajuda a identificar as oportunidades de melhoria.

3. Definir a estratégia de aplicação

Com as informações coletadas, o alvo definido e as ferramentas alinhadas, é possível iniciar o processo de implantação da metodologia para solucionar as demandas mais urgentes.

Quais ferramentas ajudam na implantação?

Para conseguir aplicar as estratégias administrativas que ajudarão a solucionar os problemas e otimizar os processos é preciso definir uma área de aplicação.

No caso das operadoras de planos de saúde, ela pode envolver o fluxo de pacientes, volume excessivo de procedimentos ou exames, desperdício de insumos ou tempo de permanência na internação alto, por exemplo.

Contudo, para encontrar o principal problema que pode impedir a instituição de alcançar seus objetivos é necessário utilizar métodos ou ferramentas que ajudem a conhecer e interpretar as informações

Método Kaizen

A base desse método são os chamados 5S, um conjunto de ações que permitem aperfeiçoar o ambiente de trabalho por meio da mudança de hábitos e atitudes. 

Gestão visual

Usar um sistema de comunicação visual garante maior engajamento e permite a aderência aos padrões da metodologia. Você poderá utilizar esse recurso para informar escalas de trabalho, tempo de internação e criar alertas para situações críticas, entre outras coisas.

Fluxo contínuo

O método Kanban é um sistema de comunicação muito utilizado no conceito Lean Healthcare e que usa cartões para sinalizar as tarefas e os prazos para que cada etapa seja cumprida.

Dessa forma, é criado um fluxo contínuo de serviços que permite reduzir, ou até mesmo zerar, o tempo de espera dos processos.

A filosofia Lean Healthcare pode ser o sistema ideal, que dará suporte para a empresa alcançar o conceito de Saúde 4.0 e se tornar cada vez mais competitiva. Não dá para frear as mudanças que estão acontecendo no setor, mas é possível manter-se atualizado e se aperfeiçoar a cada dia.

Quer conhecer outras ferramentas que ajudam a reduzir o impacto dos custos na empresa? Confira também esse artigo sobre como convencer a alta gestão da importância da tecnologia para a operação.

indicadores de auditoria em saúde