Banner E-book Cooperativas Médicas

Metrificar o desempenho da rede, da equipe e da saúde como um todo nas cooperativas médicas é uma preocupação recorrente para muitos gestores de saúde.

Dentre tantos indicadores existentes na saúde, alguns se destacam e auxiliam os gestores nesta tarefa. 

Continue a leitura e confira quais são os indicadores essenciais de desempenho para acompanhar na sua cooperativa médica!

A importância dos indicadores de saúde nas cooperativas

Indicadores de saúde podem ser definidos como ferramentas utilizadas para medir a realidade de uma instituição de saúde. 

Nesse sentido, os indicadores são um instrumento do planejamento estratégico da gestão em saúde, além de fazerem parte do processo de avaliação de equipe e rede. 

Os indicadores são fundamentais para conduzir a gestão das cooperativas médicas.

A partir dos indicadores é possível fazer a gestão de diversas operações de saúde, tais como:

Ainda, são os indicadores os responsáveis por embasar a tomada de decisão dos gestores. 

Dessa forma, é inegável a importância dos indicadores de saúde, né?!

Abaixo, iremos apresentar 5 indicadores essenciais de desempenho em saúde que devem ser medidos e acompanhados nas cooperativas médicas. Continue a leitura! 

5 indicadores essenciais de desempenho em saúde para medir na sua cooperativa médica

Como dito anteriormente, dentre os tantos indicadores em saúde, alguns se destacam na tarefa de medir o desempenho em saúde das cooperativas médicas. Confira abaixo quais são eles!

1. Custo total de internações no mês

O custo total das internações no mês deve ser monitorado para uma gestão em saúde eficiente.

Isso porque, as internações correspondem atualmente aos maiores gastos das instituições.

Dessa forma, esse indicador é indispensável para avaliar a sustentabilidade econômico-financeira das cooperativas médicas,

Além disso, é possível analisar se planejamento estratégico está sendo seguido, se há desperdícios ou pontos de melhoria para manter a competitiva no mercado e prezando pela saúde financeira.

Ainda, esse indicador é diretamente afetado pela média de permanência de cada paciente, visto que, quanto mais tempo na instituição, mais custos aquela internação terá.

Dessa forma, todo gestor deve acompanhar esse indicador a fim de evitar ultrapassar o orçamento previsto.

2. Internações por acomodação

Apesar de parecer simples, este indicador não deve ser esquecido. 

É a partir dele que os gestores conseguem comparar o histórico da operadora e reconhecer quais acomodações são mais utilizadas.

Dessa forma, é possível direcionar de forma adequada os recursos físicos da instituição.

3. Pacientes por mês por CID

Com este indicador, é possível não só medir o desempenho em saúde da cooperativa, mas planejar estratégias assertivas para os beneficiários.

Identificando quais os CIDs mais frequentes, o gestor pode guiar possíveis decisões da operadora quanto a isso e investir em medicina preventiva.

Ainda, se for identificado CIDs de atenção primária, é possível implementar investimentos nessa área e evitar futuras internações.

4. Número de pacientes, diárias, altas, tempo médio de internação por hospital

Para os gestores que avaliam as redes credenciadas este é um indicador indispensável.

A partir deste indicador, avaliando e comparando todos os pontos e as ações dos hospitais para cada um deles, é possível atestar a qualidade e avaliar os serviços prestados.

5. Média de permanência

Como dito acima, a média de permanência impacta diretamente nos custos de uma cooperativa.

Dessa forma, se a gestão da instituição deseja reduzir os custos, é necessário acompanhar a média de permanência e implementar estratégias que busquem diminuí-la.

Como o Carefy te auxilia com os indicadores de desempenho em saúde?

O Carefy é um sistema completo de gestão e auditoria em saúde que auxilia diversas instituições a monitorarem suas operações, equipes e a tomar decisões mais assertivas, baseados em dados reais.

Com ajuda de inteligência artificial, é possível receber sugestões de como agir em determinadas situações, tudo baseado no histórico da própria instituição.

Quando o assunto é indicadores de desempenho em saúde, o Carefy conta com mais de 60 indicadores que auxiliam gestores de saúde em toda a operação e jornada do paciente.

Além deles, é possível gerar relatórios personalizados e dashboards de acordo com a necessidade de cada gestor e de cada área. 

Dessa forma você pode dar adeus às planilhas

Dessa forma, a partir de todos os indicadores e os alertas personalizados, com o Carefy é possível:

  • Realizar o monitoramento completo de toda a operação;
  • Medir o desempenho da equipe;
  • Medir o desempenho da rede;
  • Otimizar em até 137% a eficiência da equipe;
  • Reduzir em até 40% a média de permanência geral da sua cooperativa médica.

Você deseja conquistar esses resultados e tornar a sua cooperativa referência no setor? Fale com nosso time de especialistas!