banner ebook auditoria em saúde

O gestor de saúde tem um papel fundamental na sustentabilidade econômica e sobrevivência da instituição. Por isso, ao atuar na função, precisa dispor de conhecimentos e habilidades peculiares.

A gestão em saúde significa a atuação que une planejamento, controle, direção e análise de resultados de saúde. Diante disso, considera todos os recursos existentes, a exemplo, humanos, financeiros e logísticos.

Na área de planos de saúde, a carreira tende a exigir ainda mais responsabilidade, já que os serviços devem satisfazer, de um lado os beneficiários, do outro, os hospitais, mas sem deixar de cumprir requisitos da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

A seguir, explicaremos mais sobre as habilidades que um gestor de saúde precisa ter para se destacar. Acompanhe!

1. Ser analítico

Essa é uma das principais competências. O gestor de saúde precisa se interessar por métricas e indicadores, já que a análise de números e resultados é essencial para alcançar eficiência e economia.

Só para você ter uma ideia, o número de usuários de planos de saúde tem aumentado nos últimos tempos. No primeiro semestre de 2021, chegou a 48,1 milhões, representando o maior dos últimos 5 anos.

Os registros parecem promissores no primeiro olhar. No entanto, é preciso se lembrar de que a chegada de novos beneficiários também pode levar ao aumento da sinistralidade,  demandar mais uso de insumos médicos, além de dificultar o controle.

No entanto, a habilidade de ser analítico facilita criar indicadores de qualidade importantes para o crescimento. Por exemplo, é preciso monitorar internações hospitalares, acompanhar desfechos clínicos, controlar o uso de equipamentos e fiscalizar pagamentos médicos.

2. Ter humanização no atendimento

Em atendimentos de saúde, o paciente deve estar no centro das atenções. Assim, deve passar por experiências positivas em cada contato com o plano de saúde e, também, com os hospitais. 

e-book auditoria concorrente

Além disso, a humanização no atendimento é fundamental para criar um bom relacionamento com os beneficiários e as instituições de saúde. A habilidade também serve de modelo para que os demais funcionários saibam como agir diante de cada demanda.

3. Ter habilidade de aprendizado contínuo

Também chamada de lifelong learning, ter capacidade para o aprendizado contínuo é se dispor a sempre aprender e ir atrás de novos conhecimentos. Isso é importante para o autodesenvolvimento e a imagem profissional.

Isso porque ser gestor de saúde exige conhecimentos técnicos na área. No entanto, também é necessário ter competências de estrategista. A soma das duas capacidades é o que ajuda a tomar melhores decisões.

4. Ser comunicativo

A oratória na auditoria é outra competência do gestor de saúde, pois ele precisa dar e receber feedbacks, compartilhar resultados com a equipe e manter comunicação transparente com hospitais.

Por exemplo, todos precisam trabalhar juntos e com um objetivo em comum: a satisfação do paciente. No entanto, para chegar a um bom resultado, é necessário criar metas compartilhadas, além de atuar em sinergia.

5. Entender a importância da tecnologia

A boa auditoria em saúde, hoje, depende de recursos de tecnologia, como:

  • inovações;
  • softwares;
  • big data;
  • machine learning, etc.

Entre sua principais utilidades, podemos destacar:

  • ajudar a entender mais sobre o perfil demográfico dos beneficiários;
  • conhecer as maiores demandas;
  • monitorar as principais reclamações;
  • entender mais sobre as necessidades dos usuários.

Além disso, ainda é possível encontrar falhas em processos, prever custos, criar relatórios, fazer planejamentos e tomar decisões baseadas em dados reais.

Enfim, o papel do gestor de saúde é insubstituível, mas as responsabilidades podem ser melhor exercidas com a ajuda de uma plataforma de gestão. Uma boa tecnologia, a exemplo, a da Carefy, é capaz de otimizar a prática, e ainda entregar melhores resultados. 

Quer entender melhor como a Carefy atua ao lado da operadora de saúde e contribui com o alcance da sustentabilidade? Entre em contato!

indicadores de auditoria em saúde