banner ebook auditoria em saúde

Nos últimos anos, os sistemas de apoio à decisão se tornaram protagonistas, sendo uma ferramenta estratégica de alto valor para as operadoras de saúde.

Hoje vamos discutir os motivos que tornaram o sistema essencial e como estar em constante atualização. Confira!

O que é sistema de apoio à decisão?

Um sistema de apoio à decisão, conhecido pela sigla SAD, é um sistema que combina dados e referenciais que visa estruturar e resolver problemas de qualquer natureza de uma instituição.

Nesse sentido, o SAD possui alta capacidade de apoiar em todas as fases de decisões no que se refere a problemas complexos, esperados ou não.

Como funciona o SAD?

Para funcionar adequadamente, o SAD é feito a partir da combinação de técnicas analíticas, de manipulação e, principalmente, de dados.

Durante a execução, a ênfase na facilidade de utilização, na flexibilidade e na adaptabilidade em casos de imprevistos é fundamental para que o processo obtenha êxito. 

Como desenvolver um SAD? 

De acordo com o Centro de Informática da Universidade Federal do Pernambuco, para desenvolver um sistema de apoio à decisão que seja bem-sucedido são necessários 4 pontos fundamentais. Que são eles:

  1. Plano de ação estruturado;
  2. Análise de sistemas existentes;
  3. Desenvolvido interativo e integrativo;
  4. E, por fim, a implementação.

Por que um sistema de apoio à decisão é essencial para as operadoras de saúde?

As operadoras de saúde enfrentam diversos desafios, seja nas internações hospitalares ou na auditoria em saúde

A redução de custos da operação, da média de permanência ou ainda tornar a equipe mais eficiente são dificuldades recorrentes e estão nas metas de todas as operadoras.

Para a entrega de resultados, decisões precisam ser tomadas nas operações e, o uso de um sistema de apoio à decisão possibilita entregar a proposta de valor da operadora, de forma eficiente e eficaz.

e-book auditoria concorrente

Um sistema de apoio à decisão adequado pode revolucionar as operadoras de saúde.

Assim, a tecnologia empregada pelo SAD é fundamental para fortalecer as instituições, possibilitar um melhor desempenho da equipe, otimizar processos e entregar o melhor tratamento possível aos beneficiários.

Como escolher um sistema de apoio à decisão?

Por se tratar de uma um tema que impacta diretamente no orçamento e nos resultados das instituições, a escolha de um sistema pode ser complexa e longa. 

Dessa forma, busque com sistemas com inteligência artificial aplicada que possibilita uma tomada de decisão mais rápida e inteligente através de alertas e sinalizações. 

Com a IA, é possível reconhecer e interpretar dados com precisão, simultaneamente ao registro e independente do tamanho amostral, proporcionando informações assertivas.

Esse tipo de tecnologia não é observada com frequência em softwares de saúde como ERPs, mas centralizam diversas informações, melhoram a gestão de processos e auxiliam de forma direta os gestores em saúde na tomada de decisão, tornando a gestão em saúde otimizada.

Como a Carefy auxilia as operadoras?

O software Carefy de monitoramento de internados oferece uma visão sistêmica da operação em larga escala com uso de inteligência artificial e sinalizações, com visibilidade para problemas que antes passariam despercebidos, como não conformidades e outros gargalos frequentemente observados nas instituições. 

Com base nos dados, é possível agir de forma estratégica, através dos módulos de Auditoria Concorrente, Auditoria de Contas, Prorrogações e Home-Care, na gestão em saúde como um todo.

Com o Carefy é possível:

  • Empoderar a organização e tomada de decisão em tempo real;
  • Dedicar de forma mais adequada os recursos para cada demanda;
  • Aumentar exponencialmente a capacidade operacional;
  • Tornar a equipe mais eficiente, possibilitando uma melhor assistência ao beneficiário.

Assim, o Carefy é um excelente aliado no planejamento estratégico das operadoras de saúde.

Gostou do conteúdo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber semanalmente conteúdos estratégicos como este sobre gestão em saúde. 

indicadores de auditoria em saúde